MetrôRio e SuperVia podem interromper operações a partir de agosto

359
Trem 3000 SuperVia
Trem série 3000 Fase II na plataforma da Estação Central do Brasil da SuperVia (Foto: Clarice Castro/SuperViaCC BY 2.0 BR)

O MetrôRio e a SuperVia podem paralisar as operações a partir de agosto deste ano. Ambas as concessionárias alegam queda no número de passageiros, em razão da pandemia de Covid-19. A informação foi divulgada pela Band News FM Rio.

A SuperVia informou que nesse período o prejuízo foi de pelo menos R$ 102 milhões. A empresa estima uma queda de 60% no número de passageiros, o que representa menos 400 mil passageiros por dia.

O MetrôRio informou que desde o início da pandemia, pelo menos 60 milhões de passageiros deixaram de circular pelas três linhas. A empresa estima uma queda diária de 80% na movimentação de passageiros e um prejuízo mensal de cerca de R$ 35 milhões.

A SuperVia disse que não garante o pagamento do salário dos funcionários e dos fornecedores a partir de agosto e o MetrôRio disse que só têm dinheiro em caixa para cobrir os custos das operações até agosto.

O presidente da SuperVia informou que a empresa não consegue se estabilizar sem apoio do Governo Federal.

Mobilidade Rio

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui