Riocard Mais cadastra mais de 210 mil na tarifa social do trem

485
Trem Central
Trem série 3000 Fase II na plataforma da estação Central do Brasil (Foto: Clarice Castro/SuperVia/Imprensa RJ)
Publicidade

Pouco mais de um mês desde o início da campanha, um balanço foi divulgado com os números da ação que reuniu a SuperVia, o Governo do Estado e a Riocard Mais para cadastrar os passageiros no Bilhete Único Intermunicipal (BUI) e garantir o seu acesso à Tarifa Social do Trem. Desde que a iniciativa foi lançada, no final de janeiro, foram habilitados 211.525 BUIs, ultrapassando a estimativa inicial de 200 mil cadastros. Com isso, os passageiros podem pagar o valor de R$ 5 como beneficiários da tarifa social.

“A ação superou as nossas expectativas. Tínhamos um desafio enorme de habilitar 200 mil bilhetes únicos em um tempo reduzido. Já estamos em mais de 210 mil, um número bastante expressivo. A Riocard Mais demonstra, mais uma vez, o seu compromisso de atendimento com o cliente”, disse Melissa Sartori, gerente de marketing da Riocard Mais.

Passageiros ainda podem se cadastrar

O usuário que ainda não se cadastrou ou reativou o seu Bilhete Único Intermunicipal ainda pode fazê-lo para ter direito ao menor valor da tarifa. Todas as lojas Riocard Mais estão aptas a realizar o serviço. São 20 pontos de atendimento, sendo 15 lojas na região metropolitana. Os endereços das unidades podem ser consultados no site.

Quem tem direito ao desconto da Tarifa Social?

Para ter direito ao desconto da Tarifa Social, é preciso atender aos seguintes requisitos: ter entre 5 e 64 anos; ganho mensal até R$ 7.507,49; e possuir um cartão Riocard Mais habilitado no Bilhete Único Intermunicipal (BUI) e vinculado ao próprio CPF. Quem trabalha sem carteira assinada ou não possui renda também tem direito ao benefício.

Publicidade

O passageiro que já tem o cartão com o Bilhete Único ativado não precisará fazer nenhuma alteração. Para aqueles que usam Vale-Transporte associado à empresa, basta acionar o RH em seu local de trabalho.

Como cadastrar o benefício do Bilhete Único Intermunicipal (BUI)?

Para quem tem o cartão Vale-Transporte e não tem o BUI:

Os clientes devem procurar a empresa onde trabalham e solicitar o benefício. 

Para quem não tem cartão Riocard Mais:

O caminho mais indicado é procurar uma das lojas Riocard Mais ou os postos de atendimento especial em estações da SuperVia. São 15 lojas da Riocard Mais na região Metropolitana.

Para o cliente que tem o cartão Expresso e não está cadastrado no sistema Riocard Mais e nem no BUI:

Abaixo, um breve resumo das etapas necessárias para o registro do benefício.  

  1. Entre no site da Riocard Mais. Em seguida, acesse a seção “Para você” e clique no menu “Cadastrar-se”. 
  2. Preencha o formulário com as informações exigidas (este é o seu cadastro no sistema Riocard Mais). 
  3. Associe o seu cartão Riocard Mais ao seu CPF. 
  4. Acesse o site www.riobilheteunico.com.br/declaracao e realize a declaração de renda para ter direito ao BUI. 
  5. Retorne ao site e entre com o seu login e senha na seção “Para você”. Depois, siga estas etapas: no menu, usuário > consulta e alteração > clique no seu nome > alterar > habilitar bilhete único > gravar.

Em caso de dúvidas, assista o vídeo abaixo com o passo a passo de como habilitar o Bilhete Único Intermunicipal:

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui