Licitação para compra de 307 ônibus articulados do BRT não atraí interessados

168
Reforma BRT
Foto: Divulgação/BRT Rio

A tentativa de licitar a compra de 307 ônibus articulados para o BRT não atraiu interessados no pregão eletrônico realizado pela Prefeitura do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, dia 16 de março de 2022.

Os novos veículos irão – ou pele menos serviriam – como um plano para melhorar o sistema, que está em estado calamidade, com tantos problemas apresentados.

Caso houvesse interessados, o custo dos veículos poderia chegar a mais de R$ 400 milhões, no entanto, ninguém apresentou proposta.

Os ex-empresários de ônibus e a gestão municipal travam à meses uma briga em torno da operação e da gestão do BRT-Rio. A Prefeitura tornou por meio de caducidade os contratos em vigor e assumiu a operação dos ônibus por meio da criação da empresa estatal Mobi.Rio (CMTC-Rio). Deste então, a gestão Paes faz a gestão direta do BRT.

O Prefeito Eduardo Paes ainda vai avaliar ao longo do dia o que fará. Horas antes do leilão, Paes esperava que não houvesse “boicote” ao processo.

Mobilidade Rio

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui