Rio de Janeiro será afetado por greve de ônibus nesta terça-feira, dia 29

1042
Foto: Pedro Henrique Paes da Silva/Ônibus Brasil
Publicidade

O Rio de Janeiro será afetado por uma greve de ônibus nesta terça-feira, dia 29 de março de 2022. A decisão dos motoristas e demais trabalhadores do sistema de ônibus da cidade foi tomada na noite desta segunda-feira, dia 28, em assembleia.

A alegação dos rodoviários é de que estão sem reajuste salarial há três anos e que os valores dos benefícios precisam ser atualizados.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, na tentativa de conciliação entre a categoria e as empresas de ônibus no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), não foram apresentadas propostas para os empregados, e as viações ainda pediram a suspensão do estado de greve por um período de 70 dias.

O Ministério Público do Trabalho (MPT), entendeu que o prazo de 70 dias é longo demais, e pediu que os rodoviários aguardassem até a próxima segunda-feira, dia 04 de abril, para uma nova rodada de negociações, que pudessem avançar.

Publicidade

No entanto, a categoria decidiu em assembleia decretar a greve.

As empresas de ônibus do Rio alegam que estão há três anos sem reajuste tarifário, e que não há subsídios para o sistema e que a Prefeitura não faz o combate ao transporte clandestino que impacta diretamente no equilíbrio econômico dos serviços.

O Rio Ônibus, sindicato que reúne as empresas de ônibus divulgou a seguinte nota em relação a greve:

“O Rio Ônibus repudia o movimento grevista, que prejudicará toda a sociedade carioca. A ação, que tentou ser impedida pelo Rio Ônibus por liminar judicial, não resolve o problema da classe, e agrava a atual crise de mobilidade na cidade do Rio. Mesmo em meio às dificuldades financeiras já conhecidas pela população, as empresas têm priorizado o pagamento dos rodoviários e a manutenção de seus empregos. O reajuste de salários depende de ações externas, já que três dos quatro consórcios se encontram em Recuperação Judicial. O Rio Ônibus pede que os profissionais não façam adesão à paralisação e retomem seus postos de trabalho, atendendo a população, até que haja resultados dos diálogos mantidos com a Prefeitura, na busca por soluções para o setor”.

Plano de contingência

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da BRT Rio, divulgou um comunicado informando sobre o plano de contingência para diminuir os impactos da greve na cidade.

Mobilidade Rio

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui