Campanha “Não dê Carona ao Assédio”: combate ao assédio sexual no transporte rodoviário

238
Detro no RJ
Foto: Divulgação/Detro-RJ
Publicidade

No dia 29 de junho, o Departamento de Transporte Rodoviário do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ), juntamente com as secretarias de Transporte e Mobilidade Urbana e da Mulher, lançou a campanha “Não dê Carona ao Assédio”.

Essa iniciativa tem como objetivo combater a importunação e o assédio sexual no transporte rodoviário intermunicipal, por meio da ampliação dos canais de denúncias e de ações de conscientização da população.

Durante o lançamento da campanha, foi inaugurada a Ouvidoria da Mulher, um canal de atendimento do Detro-RJ voltado para o acolhimento e a orientação das mulheres, com uma equipe composta por psicóloga, assistente social e advogada.

Além disso, durante o evento, o presidente do Detro-RJ e a secretária de Estado da Mulher assinaram um termo de cooperação para desenvolver ações de enfrentamento ao assédio e à importunação sexual nos ônibus e vans intermunicipais.

Publicidade

A Secretaria da Mulher irá capacitar os fiscais do Detro para abordar, acolher e encaminhar as vítimas de importunação sexual para unidades de atendimento especializadas.

A expectativa é que esse trabalho de combate ao assédio no transporte possa servir como exemplo para outros estados do Brasil.

Dados apresentados durante o lançamento da campanha indicam que 50 mil mulheres sofrem algum tipo de violência de gênero todos os dias no país, sendo que 46,7% das brasileiras já foram assediadas e 12,8% desses casos ocorreram no transporte público.

A jornalista e pesquisadora Fafate Costa ressaltou a necessidade de enfrentar o machismo histórico e violento presente na sociedade por meio de ações corajosas.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui