Barcas entre Santos Dumont e Galeão despertam o interesse de três grupos

312
Rio Avião
Com concessão à iniciativa privada, Aeroporto Santos Dumont terá investimentos de R$ 1,3 bilhão (Foto: Divulgação/Ministério da Infraestrutura)
Publicidade

Três grupos de empresas estão interessados na operação e uma linha de barcas entre os aeroportos Santos Dumont (Marina da Glória) e Internacional Tom Jobim, o Galeão.

O prazo para manifestações termina nesta sexta-feira, 21 de julho.

O primeiro grupo reúne três empresas; o segundo, duas e o terceiro, uma, totalizando seis empresas.

A primeira proposta enviada à CCPar prevê que as áreas de pouso 3 (partindo da Marina da Glória) e 1 (Galeão) dos aeroportos sejam conectadas, com um tempo de travessia de 11 minutos, e com capacidade de transportar 80 passageiros.

Publicidade

No fim de junho, a Prefeitura publicou o aviso público após receber a primeira proposta conjunta para a operação da linha de barcas.

A partir da publicação em Diário Oficial, os conjuntos de empresas deverão realizar, em 90 dias, estudos que analisem qual o melhor tipo de embarcação, como deverá ser a estação, qual a demanda e os impactos ambientais.

Também deverão ser feitos estudos econômico-financeiros. Ainda não há estimativa de quanto custaria a passagem do transporte, pois os estudos é que vão definir.

Após a entrega dos estudos, técnicos da Secretaria Municipal de Coordenação Governamental e da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar) irão analisar. Esta etapa não tem um prazo definido. Só depois da análise é que será decidido qual o tipo de licitação a ser realizada, se por preço de outorga ou técnica e preço.

O Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador, movimentou menos de 6 milhões de passageiros no ano passado, mesmo tendo uma capacidade anual para mais de 30 milhões. O Santos Dumont teve mais de 10 milhões, segundo dados do governo federal.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui