Rio de Janeiro ganha a sua primeira loja especializada em monociclos elétricos

Especializada em monociclos, bicicletas e patinetes elétricos, a Eletricz inaugura em Copacabana a sua segunda loja no País e lança novo modelo de bicicleta elétrica, com até 200 km de autonomia

84
Loja da Eletricz em Copacabana

A Eletricz, distribuidora com sede em São Paulo especializada na comercialização de monociclos, patinetes e bicicletas elétricos, inaugura na segunda-feira, dia 21 de março de 2022, sua primeira loja no Rio de Janeiro – a sua segunda no país. A unidade foi montada no bairro de Copacabana e chega com a missão de atender a demanda crescente dos consumidores pela micro mobilidade individual, sobretudo nos grandes nos centros urbanos.

Com atuação nacional e loja física em São Paulo, a Eletricz opera no mercado brasileiro desde 2018. A empresa ganhou fama em todo o Brasil por difundir o monociclo elétrico como uma alternativa de transporte individual para o dia a dia. “Foi como transformar uma paixão em um negócio”, afirma Márcio Canzian, Fundador e CEO da Eletricz. Além de diversos modelos de monociclos, a empresa também comercializa na loja de São Paulo e pelo seu site, suas linhas de patinetes e bicicletas elétricos.

A nova unidade de Copacabana será uma loja-conceito que permeará todas as futuras lojas do grupo nos próximos anos. O projeto é assinado pelas arquitetas Ana Beatriz Franceshi e Juliana Junqueira, da Mora Studio, e confere ao espaço uma ambientação inspirada no universo cyberpunk – que se baseia num futuro mais underground, anti-padrões impostos e com mais espaço para as expressões. Um ambiente aconchegante, com muita iluminação em neon, alambrados e até um contêiner fazem parte da decoração, que dividem espaço com os monociclos, patinetes e bicicletas elétricos.

“Queríamos um ambiente que representasse o futuro e a tecnologia, mas que não fosse como uma nave espacial branca e sem cor. O estilo meio Hong Kong representa esse futuro mais plural, onde a mobilidade elétrica está inserida”, explica o CEO da Eletricz.

“O partido projetual para a loja do Rio foi desenvolvido a quatro mãos com a Eletricz. O conceito englobou o tema da tecnologia, mas deixando claro o senso de pertencimento a um clube, uma comunidade. Um dos itens mais marcantes é o projeto luminotécnico. Além disso, tornamos a loja mais convidativa e fluida pelo posicionamento dos expositores. Para reforçar a proximidade entre os membros do clube, propomos um lounge que proporciona a troca entre eles. A oficina teve um espaço especial dedicado a ela, o qual foi evidenciado pelas janelas envidraçadas”, explicam as arquitetas Ana Beatriz Franceshi e Juliana Junqueira.

Além do belo showroom com os produtos, a loja ainda terá um espaço “instagramável”, com grafites das asas que representam a liberdade, desenvolvido pela artista RafaMon. A unidade ainda terá o Unboxing Lounge, espaço destinado à entrega e abertura da caixa dos veículos, e uma oficina para manutenção.

“Pintar na loja da Eletricz no Rio de Janeiro foi algo muito legal para mim porque eles têm um conceito que tem absolutamente tudo a ver comigo e com o meu trabalho. É liberdade, a energia. Acho que nada melhor do que uma asa para representar isso. Eu fiquei muito feliz de fazer parte desse projeto que chega agora ao Rio”, afirma Rafa.

LANÇAMENTO DE NOVA BICICLETA ELÉTRICA

Na semana de inauguração da nova loja, a Eletricz vai aproveitar para lançar um novo modelo de bicicleta elétrica, a Fat Bike Coswheel T26 Max (a partir de R$ 20.466,00, à vista) , que chega como um dos modelos mais arrojados do mercado brasileiro. A linha de fat bikes, como no segmento de motocicletas, prioriza o conforto na condução, seja na cidade ou no off-road.

A nova Fat Bike Coswheel T26 oferece ao consumidor o que existe de mais moderno e arrojado no mercado global de bicicletas eletrificadas. “É uma bicicleta completa, no uso on ou off-road, ideal para o público que busca tecnologia de última geração e deseja uma mobilidade ecologicamente correta e sem congestionamentos”, diz Canzian.

O modelo vem equipado com pneus de 26 polegadas e 4 centímetros de largura, cravejados, que garantem grande aderência, sobretudo em terrenos acidentados. Seu quadro foi construído com liga de alumínio e foi todo pensado para ser resistente e, ao mesmo tempo, leve. Dentro desse quadro está instalada a bateria, num compartimento que pode ser trancado pelo usuário.

Esta bateria pode ser removida e carregada dentro de casa em uma tomada comum. Ela vem com bateria de 48 V 25Ah. Com isso, sua autonomia pode chegar a 200 quilômetros, no modo assistido, atingindo uma velocidade máxima de até 45 km/h. Essa bateria leva, em média, cerca de 4h30 para ser completamente recarregadas.

A T26 vem equipada com um painel de instrumentos em LCD que traz todas as informações importantes de navegação, como odômetro total e parcial, nível da bateria e velocidade – que pode ser ajustada para três níveis: “eco”, “intermediário” e “high speed”. A nova bicicleta é equipada com câmbio Shimano de sete marchas, full suspension e porta-objetos. O modelo utiliza freios a disco hidráulico nas duas rodas e é capaz de transportar até 120 kg de peso.

SOBRE A ELETRICZ

A Eletricz iniciou suas operações em julho de 2018 com a missão de promover a locomoção de curta e média distância, incentivando a valorização da vida ao ar livre, a apropriação saudável das vias públicas e a mudança para um estilo de vida mais saudável, divertido e econômico. Por isso, comercializa os mais avançados veículos elétricos portáteis e desenvolve projetos e ações para difundir e incentivar este novo perfil de mobilidade urbana. A empresa comercializa monociclos, patinetes e bicicletas elétricas, mas os monociclos respondem por 80% do seu faturamento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui