Greve afeta o sistema BRT nesta sexta-feira, dia 25

152
Jabour BRT
Foto: Roberto Marinho

Os trabalhadores do sistema BRT-Rio fizeram uma greve nesta sexta-feira, dia 25 de fevereiro de 2022. Apenas a linha Santa Cruz – Alvorada, do BRT Transoeste, que é operada por ônibus comum esteve funcionando.

A justificativa dos trabalhadores é de que há quatro anos eles estão sem reajuste salarial e pedem o rompimento dos contratos de trabalhos antigos e a criação de novos com Prefeitura, garantindo todos os direitos trabalhistas em caso de demissão. Além disso, eles pedem o retorno de 50 trabalhadores que tinham sido afastados por licença médica, mas que já estão liberados, melhorias na frota de ônibus, entre outros.

A Prefeitura do Rio de Janeiro classificou o ato como ilegal e chegou a montar um plano de contingência para minimizar os impactos da greve.

Veja a nota completa:

“Sem qualquer tipo de aviso prévio, os motoristas do sistema BRT entraram em greve na madrugada desta sexta-feira. A Prefeitura do Rio, por meio da empresa MOBI-Rio, orienta à população que procure outra alternativa de transporte público para se locomover.

A Prefeitura do Rio montou um plano de contingência e conseguiu manter em operação apenas a linha Santa Cruz – Alvorada, do BRT Transoeste, que é operada por ônibus comum. Os demais corredores, Transcarioca e Transolímpica, estão paralisados.

A Presidente da MOBI-Rio, Cláudia Seccin, tenta contato, sem sucesso, iniciar uma negociação com os grevistas desde o meio da madrugada, mas eles se negaram a conversar.

A Prefeitura do Rio ressalta que não recebeu qualquer comunicado, por parte do Sindicato ou qualquer outra liderança, sobre a intenção dessa paralisação ou a pauta de reivindicações. Portanto, trata-se de uma greve ilegal”.

O Prefeito da cidade, Eduardo Paes, disse que os empresários de ônibus estão usando os trabalhadores do BRT para tentar reconquistar a concessão. Veja a declaração abaixo:

Mobilidade Rio

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui