Companhia aérea estuda retomar voos comerciais da Pampulha para o Santos Dumont

368
Rio Avião
Com concessão à iniciativa privada, Aeroporto Santos Dumont terá investimentos de R$ 1,3 bilhão (Foto: Divulgação/Ministério da Infraestrutura)
Publicidade

Uma companhia aérea estuda retomar voos comerciais partindo do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

A medida deve ser tomada após a determinação do governo federal que reorganizou os voos no Rio de Janeiro.

A partir de janeiro de 2024, o Aeroporto Santos Dumont, localizado na região Central da cidade do Rio de Janeiro, só poderá receber voos de aeroportos nacionais e localizados a até 400 km de distância. Com isso, os voos de BH para o RJ só poderão acontecer entre Confins e Galeão.

Nesses moldes, o Aeroporto da Pampulha teria autorização para operar a ponte aérea com o Santos Dumont.

Publicidade

O Aeroporto da Pampulha não recebe voos comerciais desde 2019, por conta de um embate entre a ANAC, o TCU e a sociedade civil.

O aeroporto da Pampulha é concedido desde 2022 para o Grupo CCR. De acordo com a empresa responsável pela concessão, a unidade registrou 28.753 movimentações de aeronaves entre maio e dezembro de 2022, entre executivas, táxi aéreo e de manutenção.

A companhia aérea que estuda retomar a ponte áerea é a VoePass, antiga Passaredo.

De acordo com a companhia, ela já admite estar “estudando estruturar operações próprias entre os aeroportos da Pampulha e Santos Dumont”.

Não foram dados detalhes de como a empresa trabalha para atingir esse objetivo.

Já as companhias Azul, Gol e Latam não comentaram sobre a situação do Aeroporto da Pampulha e disseram que novas operações ou mudanças na malha serão divulgadas em momentos oportunos.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui