Cláudio Castro assina adesão de concessionárias de transportes públicos ao sistema de reconhecimento facial da Polícia Militar

133
Anúncio de adesão da Supervia, do MetrôRio e da CCR Barcas ao sistema de identificação facial da Polícia Militar - Foto: Philippe Lima
Publicidade

O governador Cláudio Castro assinou na segunda-feira (22/01) um acordo com representantes das concessionárias Supervia, MetrôRio, CCR Barcas e CCR Via Lagos, para implementar o sistema de identificação facial da Polícia Militar nos modais públicos. Com a medida, ações do Governo do Estado no combate à criminalidade serão ampliadas, diante da possibilidade de se localizar criminosos foragidos da Justiça, com mandados de prisão em aberto. Com a colaboração das empresas de transportes, que atendem cerca de 1 milhão de usuários por dia, mais de 1.000 câmeras de vídeo passam a integrar o sistema.

“Hoje o Governo do Estado do Rio de Janeiro tem um CICC (Centro Integrado de Comando e Controle) moderno e equipamentos com capacidade de fazer a diferença na vida da população. Essa integração de câmeras, de imagens, fará com que a gente possa melhorar não só a segurança pública, mas usar os equipamentos também no trânsito, no auxílio ao salvamento de pessoas, ou seja, em diversas perspectivas”, ressaltou Castro.

A parceria foi formalizada entre a Secretaria de Estado de Polícia Militar e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio (Agetransp). A previsão é que o sistema, que recebeu investimento de R$ 18 milhões do Governo do Estado, entre equipamentos e softwares, entre em operação antes do Carnaval nos transportes públicos.

Maior eficácia no policiamento ostensivo

De acordo com o secretário de Estado da Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Pires, o acordo vai contribuir para a melhor eficácia no policiamento ostensivo, principalmente numa época em que a capital recebe milhares de turistas para o Carnaval.

Publicidade

“Essa é a concretização de um projeto que vem sendo construído há dois anos. Certamente será muito útil no trabalho ostensivo diário”, comentou Luiz Henrique, explicando que o sistema já vem sendo testado há três semanas.

A tecnologia, baseada em inteligência artificial, usará a rede de fibra ótica da Agetransp, que reúne câmeras de monitoramento das respectivas concessionárias, para apoiar a Polícia Militar em suas ações. As imagens das câmeras serão transmitidas diretamente para o CICC, onde a equipe de fiscalização da Agetransp também atua. A identidade de uma pessoa pode ser obtida com verificação de cruzamento de dados, por meio da imagem do rosto, seja em foto, vídeo ou captura em tempo real.

“A iniciativa proporcionará maior sensação de segurança para os passageiros dos transportes públicos do Rio”, diz o conselheiro presidente da Agetransp, Adolfo Konder.

“O sistema vai inibir a prática de delitos nos meios de transportes”, afirmou Konder.

Reconhecimento facial

O videomonitoramento por reconhecimento facial vem sendo implementado pelo Governo do Estado em vários pontos do território fluminense e garantindo a segurança em grandes eventos. No último Réveillon de Copacabana, por exemplo, propiciou a identificação de um suspeito de tentativa de homicídio.

Atualmente, o Governo do Estado usa 112 câmeras espalhadas pela cidade para realizar o monitoramento em tempo real. Agentes que trabalham no CICC monitoram as câmeras e acionam a equipe policial que está mais próxima ao alvo identificado. A comunicação entre os servidores é feita pela câmera acoplada no uniforme do policial que está na rua. Para a verificação da identidade, são utilizadas imagens dos bancos de dados da Polícia Civil e do Detran-RJ.

Até o momento, já foram acopladas 12.719 câmeras portáteis nos uniformes dos policiais militares, num universo de 13 mil contratadas. Nesta segunda-feira, 100 policiais civis da Coordenadoria de Recursos Especiais, a Core, também começaram a utilizar câmeras portáteis em seus uniformes.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui