Changi busca continuidade no Brasil: empresa quer negociar permanência no Galeão

O Ministério de Portos e Aeroportos informou que a Changi, sócia majoritária da RIOgaleão, mudou de ideia e desistiu de devolver a concessão do Aeroporto do Galeão.

A empresa quer agora negociar sua permanência no Brasil e o CEO internacional da Changi se reuniu com o ministro Márcio França para reiterar essa intenção.

As conversas agora serão sobre as condições para a Changi continuar administrando o terminal, com a empresa buscando revisar os termos da época do leilão.

A SAC está estudando alternativas para a administração do aeroporto e a empresa se comprometeu a dar um tratamento especial aos usuários durante o carnaval.

A Changi também propôs revisar os termos da concessão, incluindo o pedido de reequilíbrio econômico financeiro e pretende aproveitar a autorização para cobrar outorgas com precatórios.

Deixe um comentário