2024, ano eleitoral: político fala em transporte público!

35
ônibus no rio
Foto: Prefeitura do Rio
Publicidade

A partir de médio porte de cidade, transporte coletivo deixa de ser apenas benefício ao cidadão. É infraestrutura e prepara a cidade para seguir crescendo.

Quanto mais gente se desloca coletivamente, ocupando 10x menos espaço que em um carro, menos precisamos de viadutos e alargamentos. A mobilidade de todos, não só dos passageiros, é viabilizada pelos ônibus.

Transporte público permite a criação de benefícios tarifários a quem precisa, tendo a universalidade como princípio e contribuindo com fatores vitais na atualidade, como a redução da poluição e das mortes no trânsito.

Os ônibus atuais utilizam tecnologia de ponta para atender aos rígidos padrões de emissões estipulados pelo Proconve 8, equivalente ao mais conhecido Euro 6. Para se ter uma ideia, as emissões locais (preocupação das cidades), medidas pelas emissões de Material Particulado e Óxido de Nitrogênio, foram reduzidas em 98% desde a primeira fase, enquanto as emissões globais (preocupação mundial), Hidrocarbonetos e Monóxido de Carbono, foram reduzidas em 96% e 89%, respectivamente.

Publicidade

Além disso, a tecnologia avançou em conforto e confi abilidade, especialmente porque os veículos novos têm vindo equipados com suspensão pneumática, mais estável, silenciosa e de baixa manutenção, assim como o restante dos componentes e controles eletrônicos, minimizando falhas e melhorando a pontualidade.

Um sistema de transporte coletivo atraente, ofertado com espaço adequado, boa frequência, capilaridade, frota nova e moderna, motoristas bem treinados, bons sistemas de controle, meios de interação e pagamento para os passageiros e tarifas módicas, bem calibradas, garantem adesão ao transporte público.

Trata-se de uma importante ferramenta de justiça social e apoio à economia local, além de reduzir a poluição ambiental e a atratividade dos meios individuais, especialmente as motocicletas, que geram alta letalidade entre jovens, causando sofrimento e grande oneração dos sistemas de saúde e previdência.

Todo recurso direcionado ao transporte público é excelente investimento. Todos precisam se lembrar disso ao analisar as propostas de seus candidatos.

Texto: Dimas Barreira – Presidente do Sindiônibus

O post 2024, ano eleitoral: político fala em transporte público! apareceu primeiro em Rio Ônibus.

MOBILIDADE RIO

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui