Blitz educativa do Detran aborda motociclistas na Ponte Rio-Niterói

94
Blitz Detran Motos
Foto: Divulgação

O Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran.RJ) realizou, nesta terça-feira, dia 27 de julho de 2021, Dia Nacional e Internacional do Motociclista, uma blitz educativa para motociclistas na Ponte Rio-Niterói, em parceria com a concessionária Ecoponte, a Polícia Rodoviária Federal, a equipe da Lei Seca e representantes do motoclube Abutre’s. O Detran montou uma tenda próximo à praça de pedágio, onde agentes da Coordenadoria de Educação para o Trânsito deram instruções de segurança no trânsito, especialmente para profissionais que trabalham com entregas.

Motociclistas como Manoel Batista, de 42 anos, funcionário de uma empresa de motoboys estava a caminho de Niterói para fazer uma entrega de material médico. Manoel se surpreendeu ao ser abordado pela equipe de educação e convidado a fazer um teste usando óculos especiais que simulam condições de embriaguez e uso de drogas ao volante. Para demonstrar a importância do uso correto dos equipamentos de proteção, os instrutores do Detran apresentaram a ele um manequim vestido com o uniforme completo do motociclista: capacete, joelheira, luvas, viseira, botas e colete refletivo. Havia ainda um baú de motofrete, com as especificações corretas.

“Achei uma excelente iniciativa. Geralmente, as ações são sempre para punir o motociclista. Hoje, foi realmente muito legal”, elogiou Batista, que, assim como os outros motociclistas, recebeu brindes e folhetos educativos.

O presidente do Detran, Adolfo Konder, participou da operação, junto com o superintendente da Ecoponte, Matheus Fernandes, e com o inspetor Carlos Siqueira, do grupo de Educação para o Trânsito da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Rio de Janeiro. Konder ressaltou a parceria do Detran com a Polícia Rodoviária Federal, a concessionária, a Lei Seca e os Abutre’s em uma ação que visa reduzir o número de acidentes de trânsito envolvendo motociclistas. Na Ponte Rio-Niterói, embora as motocicletas sejam apenas 6% do total de veículos, elas estão envolvidas em 18% dos acidentes – de acordo com dados de 2020.

“É fundamental essa ação conjunta. Com a união do poder público com a sociedade civil, conseguimos um impacto maior, com resultados mais efetivos. Os motociclistas fazem parte de um grupo muito especial para a segurança do nosso trânsito”, disse Konder.

A blitz foi realizada logo após o pedágio, na saída da cabine especial para motocicletas. O superintende da Ecoponte, Matheus Fernandes, lembrou que o motociclista é um dos mais importantes atores do sistema de trânsito e ressaltou a importância da ação educativa no Dia do Motociclista.

“O motociclista é muito importante para a mobilidade urbana, e, naturalmente, sua exposição ao risco é maior que a de outros usuários de nossas vias”, disse Fernandes.

O grupo Abutre’s distribuiu 400 antenas de proteção contra linhas de pipa, além de fôlderes com instruções de segurança. Cerca de 30 motociclistas do grupo participaram da operação. Magno Moraes, coordenador nacional de cursos dos Abutre’s, elogiou a iniciativa do Detran e da Polícia Rodoviária Federal na Ponte Rio-Niterói.

“As antenas que distribuímos são item prioritário de segurança, pois evitam que os motociclistas tenham possam ter o pescoço cortado por linhas de pipa, o que, infelizmente, é uma realidade. Queremos que todos pratiquem a direção defensiva, sejam prudentes no trânsito e andem com segurança”, afirmou Magno.

Atendimento Especial no posto da Avenida Francisco Bicalho

Nesta terça-feira, como parte das comemorações do Dia do Motociclista, o Detran.RJ começou a atender os motociclistas com absoluta prioridade, sem necessidade de agendamento, no posto Detran Acessível – PCD (Pessoa com Deficiência), da Avenida Francisco Bicalho, no Centro do Rio de Janeiro.

O atendimento especial vai até sábado, dia 31 de julho de 2021. Os motociclistas que forem ao posto, das 8h às 17h, serão atendidos por ordem de chegada e com senha. O posto atenderá, por dia, 90 motociclistas, sem deixar de receber também o público prioritário da unidade – que são os idosos (acima de 60 anos) e as pessoas com deficiência.

Estão sendo oferecidos serviços de veículos como primeiro licenciamento, transferência de propriedade, emplacamento, segunda via de CRV (Certificado de Registro do Veículo), intenção de venda, alteração de características, baixa e inclusão de alienação, alteração de nome e razão social, entre outros.

O posto fica na Avenida Francisco Bicalho (entrada pela Rua Idalina Senra, 35), no Centro do Rio de Janeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui