Obras de contenção na Avenida Niemeyer é concluída antes do prazo previsto

88
Obras de contenção
As obras de contenção foram concluídas 10 dias antes do prazo previsto (Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)

A Secretaria de Infraestrutura, por meio da Geo-Rio (Fundação Instituto de Geotécnica do Município do Rio de Janeiro), terminou as obras emergenciais de contenção na Avenida Niemeyer e liberou totalmente o trecho da via para os veículos. Os reparos foram realizados após a identificação de rochas fragmentadas, que corriam risco de rolamento iminente, na altura do número 101, apontadas em relatórios técnicos da pasta. A intervenção durou seis meses e terminou 10 dias antes do previsto.

Em janeiro, a Geo-Rio realizou um serviço inédito de limpeza da Avenida Niemeyer. Ao todo foram removidas 36 toneladas de lixo, o que equivalente a 20 caminhões. Logo após a limpeza, os técnicos fizeram uma investigação geológica do paredão rochoso e avaliaram a possibilidade de que de lascas e fragmentos de rocha poderiam cair sobre a pista. Por isso, foi feita a obra emergencial na via para garantir a segurança da população.

“Foi um serviço preventivo de identificação de riscos. Vamos manter este padrão em encostas da cidade para garantir a segurança da população”, disse a secretária de Infraestrutura, Kátia Souza.

Realizado com técnica de alpinismo, foi feito um serviço de proteção da encosta com a colocação de tela de aço e execução de colunas de concreto fixadas por barras de aço na rocha, para evitar que fragmentos de pedra se desprendam da superfície e atinjam os veículos. Durante as obras, para garantir fluidez do trânsito, foi montado um túnel provisório em estrutura metálica, além do sistema siga e pare.

Obras no sistema de drenagem

A Secretaria de Infraestrutura segue na recuperação do sistema de drenagem da pista da Avenida Niemeyer, na altura do número 228. Por causa do afundamento da camada asfáltica, técnicos trabalham no local para ajustar o nivelamento da pista. Neste trecho a via segue funcionando no sistema de siga e pare, com o auxílio dos agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui