Agetransp aplica multas às concessionárias de metrô e trens

64
Trem Metrô Rio
Foto: Divulgação/Agetransp

Em sessão regulatória, a Agetransp decidiu aplicar cinco penalidades de multa às concessionárias que operam o metrô e os trens do Rio de Janeiro, que somam mais de R$ 1,2 milhão, em razão de descumprimentos aos contratos de concessão.

Leia abaixo o comunicado da Agetransp, divulgado por meio de seu perfil no Twitter, na íntegra.

“A concessionária MetrôRio foi multada em R$ 801.953,71 por não atingir nota mínima de 8,2 na pesquisa de opinião Índice de Qualidade dos Serviços (IQS), referente ao segundo semestre de 2018. Na média de 16 quesitos, a operadora atingiu nota 7,9.

A concessionária RioBarra foi multada em R$ 32.285,00 foi por não renovar seguro-garantia referente a obras da Linha 4 do metrô. À MetrôRio foi aplicada outra multa, de R$ 120.757,37 referente à queda de energia nas linhas 1 e 2, que interrompeu a circulação por 23 minutos.

O Conselho Diretor também aplicou multa à concessionária Supervia, no valor de R$ 65.995,39, por uma ocorrência com um trem, em Engenho de Dentro, no dia 16 de maio de 2018. Houve interrupção temporária da circulação e desembarque de passageiros na via.

Os conselheiros também decidiram negar recurso da Supervia e manter uma multa aplicada em 2020, de R$ 263.981,57, em razão de acidente ocorrido em maio de 2018. Na ocasião, uma passageira morreu atropelada após cair no vão entre o trem e a plataforma, na estação Santíssimo.”

Mobilidade Rio

Siga o Mobilidade Rio no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui